segunda-feira, 9 de junho de 2014

A roupa certa na academia : Poliamida x poliester

Olá minhas lindas

Hoje quero falar sobre um assunto muito importante na hora do treino.
Seja ele musculação, corrida, pilates, yoga ou qualquer outro, existe um fator muito importante que poderá influenciar no seu bem-estar e desempenho na hora da prática do exercício.
A ROUPA.
Durante o exercício o ideal é o uso de roupas leves e com materiais de qualidade que transpirem o corpo, especialmente em se tratando de nós mulheres que temos a parte íntima bastante delicada.

Uma coisa que eu particularmente não sou muito a favor, mas tenho notado um crescimento devido ao preço acessível é a fibra sintética de poliester.
A pele sendo o maior órgão do corpo humano é responsável por 90% da troca térmica do corpo e por 85% da evaporação do suor.

Poliamida: foi o primeiro tecido produzido industrialmente, por volta dos anos 30. Seu toque é mais macio e se aproxima mais com o toque do algodão. É leve, seca rápido e tem boa resistência. No vestuário, a poliamida é mais usada para moda praia, íntima e roupas esportivas.

Poliéster: é um pouco mais áspero se comprado com a poliamida, porém, o seu baixo custo permite a confecção de roupas com um preço mais acessível. Também seca rápido, difícil de encolher e amassar. O poliéster é um pouco mais novo que a poliamida, criado por volta dos anos 50.

 "O fio de poliamida tem a capacidade de absorver o suor em 4%, enquanto o poliéster não chega em 1%. E se a camisola de poliamida for feita com uma trama mais aberta, o tecido irá “puxar” o suor do seu corpo e através dos buracos da trama irá elimina-lo mais facilmente. Isso significa que o atleta não ficará encharcado durante a o exercício."

Por isso não adianta treinar de baixo de sol com uma roupa. O corpo irá eliminar o suor e o algodão irá rete-lo (sendo este uma fibra natural,  retém 8% do suor), o que causa aquela sensação de natural desconforto do “molhado”.

O poliéster mesmo sendo mais barato, gostaria de lembrar um importante detalhe. No inverno quando transpiramos um pouco menos até é bem interessante por ser mais em conta, mas no poliamida o conforto e a durabilidade valem o investimento. Quem treina com poliéster e troca por poliamida vai sentir a diferença, já que no calor o corpo retendo o calor pela malha dá aquela sensação de estar fervendo por baixo da roupa. E isso vale para meias, tops e leggings.


Como descobrir a diferença? Dentro das peças sempre há etiquetas de composição.

Agora meus amores... Bora catar a etiquetinha interna cada vez que for comprar uma peça? huhu, não sei se vocês são tão neuróticas quanto eu!!!


Beijoooocas

2 comentários: